Como a TI se adequa a LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, a LGPD, já é uma realidade. Dias atrás fomos surpreendidos com a decisão da entrada em vigor da LGPD. Muitos ainda não estão prontos para tudo o que vai mudar. LGPD é a sigla para Lei Geral de Proteção de Dados do Brasil, sancionada em agosto de 2018. A LGPD estabelece regras sobre coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais, impondo mais proteção e penalidades para o não cumprimento. O principal objetivo é garantir a segurança de dados pessoais e aprimorar os mecanismos de fiscalização das entidades reguladoras. No caso da TI, o setor terá que planejar e implementar as alterações necessárias a fim de que as corporações se mantenham dentro da lei. Os procedimentos de segurança também deverão ser revistos, com intuito de evitar vazamentos de dados e possibilitar a transparência da solicitação dos mesmos.

Todas as empresas que tratam dados pessoais precisam se adequar, para evitar possíveis sanções. A boa notícia é que a EXAKernel, prepara sua empresa para atender aos requisitos da Legislação, contando com uma equipe certificada em Segurança da Informação e especialistas em Direito Digital.

Podemos te explicar mais a fundo como essa implementação acontece, estudando e estruturando o programa para o ambiente da sua empresa.

Para quem quiser mais detalhes da estrutura do programa de adequação, tenho a figura abaixo, que mostram as macros atividades envolvidas.

Categorias do post

Veja outros posts