Infraestrutura de TI

A importância da infraestrutura de TI nas empresas cresceu significativamente na última década.

 

Se até há pouco tempo, o Brasil era avaliado como um dos países com menor maturidade em infraestrutura tecnológica nas empresas, atualmente somos o país responsável por 45% de todos os investimentos de TI na América Latina. O armazenamento em rede, por exemplo, quase não existia no início dos anos 90, mas hoje, consome dezenas de milhões de dólares em grandes organizações de TI.

 

As organizações que mais investem em TI, aumentam a sua quota de mercado, obtêm bons resultados financeiros e garantem boa competitividade em um mercado concorrido. Com a TI, a oportunidade de analisar dados específicos e planejar a jornada do negócio de forma efetiva, se torna mais fácil. Além disso, também fornece ferramentas que podem resolver problemas complexos e, ao mesmo tempo, garantir o crescimento do empreendimento.

 

Por exemplo, graças à computação em nuvem (cloud computing) e toda sua gama de serviços, é possível gerenciar e monitorar os equipamentos em rede de forma virtualizada, com baixo custo e mais uma série de benefícios.

 

Para que a TI funcione, é preciso que se crie nas corporações uma base tecnológica de qualidade. Esta consiste no conjunto de equipamentos, sistemas, redes e serviços necessários para a operação. Uma definição mais formal seria que a infraestrutura de TI é o conjunto combinado de hardware, sistemas, redes, instalações, entre outros, a fim de desenvolver, testar, entregar, monitorar, controlar e suportar serviços de TI.

 

VANTAGENS DO USO DE TI

 

  • Velocidade e precisão na tomada de decisões;
  • Melhorias na organização de processos e fluxos de trabalho;
  • Aumento de produtividade, com qualidade de vida aos colaboradores;
  • Aumento da qualidade dos produtos ou serviços;
  • Redução de custos operacionais;
  • Melhorias na adaptação do negócio para lidar com acontecimentos previstos e não previstos;

 

A INFRAESTRUTURA DE TI

 

O sucesso dessa prática depende da variedade e da qualidade dos equipamentos de hardware, sistemas e soluções de serviços que alimentam as operações no universo dos negócios. Nem sempre é tarefa fácil descobrir quais são as ferramentas necessárias. A certeza é que, a partir das comunicações, do compartilhamento de arquivos e serviços de colaboração para a segurança e estabilidade da rede, suporte de help desk e programas de gestão, é possível criar um bom ambiente para que isso aconteça.

 

É preciso que se conscientizem que esse é um investimento e não um gasto. Ao estar preparada para avançar no meio empresarial, tendo a tecnologia como uma aliada estratégica, a empresa tende a ganhar competitividade e sair na frente da concorrência.

Categorias do post

Veja outros posts